Professor Massimo Cavalli na direcção da Rede Portuguesa de Jazz.

Autor: Jorge Carvalho/domingo, 24 de março de 2019/Categorias: Notícias, FAA

Rate this article:
3.5
Prof. Doutor Massimo Cavalli, coordenador da licenciatura em Jazz e Música Moderna da Universidade Lusíada, integra o corpo directivo da primeira organização destinada a incrementar a visibilidade nacional, e sobretudo internacional, do Jazz português e da música improvisada interpretada por músicos portugueses, denominada Rede Portuguesa de Jazz.

Recentemente criada como uma estrutura cultural para congregar músicos, promotores, editores, professores e investigadores, a Rede Portuguesa de Jazz tem como principais metas a divulgação da música improvisada, a melhoria das condições de trabalho dos músicos e a criação de infraestruturas inerentes à prática da música e sua divulgação nos mercados. Neste âmbito, enquadram-se todo o tipo de apoios a novos projectos e eventos, sem esquecer o apoio à formação dos jovens músicos e à interacção destes com os agentes musicais dentro e fora de Portugal, assim como a defesa dos interesses dos músicos nacionais, residentes ou a trabalhar no estrangeiro.

Esta rede terá no Professor Massimo Cavalli o coordenador do grupo de trabalho responsável pela área da criação, e o saxofonista Carlos Martins, que tem colaborado nalguns eventos da Universidade Lusíada, no âmbito da licenciatura em Jazz e Música Moderna, como director executivo.

Esta organização foi  inspirada em redes análogas europeias, nomeadamente nas existentes em França, Alemanha e Itália. O mote desta iniciativa surgiu pela constatação da condição periférica de Portugal e da escassez de estruturas, aliada a uma reduzida sensibilização da comunidade para a supressão das necessidades dos profissionais ligados ao Jazz.

Da esquerda para a direita: Carlos Martins e Prof. Doutor Massimo Cavalli. (Fotografia de Jorge Carvalho, 2016)


Segundo Carlos Martins, esta rede pretende funcionar como um aglutinador das muitas estruturas existentes em Portugal, dedicadas à música improvisada, para a promoção de acções conjuntas ou desenvolvimento de estratégias no sentido de aumentar a visibilidade nacional e de viabilizar a internacionalização dos músicos portugueses.

A assembleia constitutiva da Rede Portuguesa de Jazz decorreu no dia 11 de Novembro de 2018, em Albergaria-a-Velha, na sede da Associação Jobra (Associação de Jovens da Branca), localizada na freguesia com o mesmo nome, e que é igualmente uma comunidade dinamizadora de múltiplas actividades culturais onde funciona também uma escola de Jazz.

Print

Número de visualizações (1791)/Comentários (0)

Jorge Carvalho
Jorge Carvalho>

Jorge Carvalho

Other posts by Jorge Carvalho

Please login or register to post comments.